Covid-19: Tecnologia e crédito nunca foram tão importantes para sua empresa. Veja como podemos ajudar.

Soluções que impulsionam e valorizam seu negócio.

Produtos Solo Network

Muito mais que
produtos de tecnologia...

A Solo Network oferece soluções que fazem a diferença no seu negócio. Conte com o nosso suporte para adquirir o produto correto na medida exata da sua necessidade.

Conheça nossos produtos


“A equipe Comercial da Solo Network está em contato contínuo para nos ajudar a melhorar nosso processo de comercialização, negociação, tornando o produto e nosso discurso de vendas cada vez mais competitivo.”

Júlio César Mila - CEO da T4Agro


“A Black Friday foi a primeira campanha grande para testarmos esse ambiente e tivemos um excelente retorno, atingindo faturamento de R$ 25 milhões em novembro. O Suporte da Solo Network foi muito importante porque tivemos que fazer vários alinhamentos na véspera da Black Friday e a equipe estava sempre disposta a auxiliar e retornar rapidamente.”

Ricardo Soares – Gerente de TI


“Em um ano de recessão econômica, a Solo Network nos ajudou a identificar várias oportunidades de melhorias sem necessidade de investir mais, por isso e novamente a Microsoft se mostrou um parceiro em que podemos confiar para atender as mais avançadas necessidades de segurança”

Leandro Silva – Gerente Executivo de TI


"Com o bom trabalho da Solo Network, ganhamos confiança e decidimos seguir também com a implantação do CRM, além da contratação do Azure. O licenciamento e implantação do ERP foi bastante positivo em nossas operações. Em 2018, nosso faturamento foi de R$ 30 milhões."

Cleverson Mickosz Nascimento - Gerente de TI da Biotrop


"Para a Cobmais, hoje a parceria com a Solo é fundamental. Eu tenho o suporte especializado que preciso, com qualidade e agilidade, sem necessidade de uma equipe interna para monitorar o ambiente."

Leandro Moura - Cobmais CEO


"Um ponto em especial merece destaque na equipe da Solo que nos atendeu: A agilidade na execução do projeto, onde conseguiram a implementação em um 1/3 do tempo definido pela proposta. Além de toda a assertividade..."

Thiago Algeri Supervisor de T.I. (CIO) da Frimesa


"Estou satisfeito com a estrutura implementada, principalmente no tocante à escalabilidade e segurança dos serviços. Isso passa muita credibilidade aos nossos clientes fortalecendo nossos relacionamentos."

Erich Rodrigues Da Silva CEO da Compuwise (Wise Sale)


"Com a utilização do Skype For Business para reuniões e conferências, reduzimos em 5% o tempo de entrega dos projetos. Nossa produtividade aumentou, pois a colaboração entre os funcionários do Paranacidade e as 399 prefeituras atendidas ficou muito mais fácil."

Leandro Victorino de Moura Gerente de Tecnologia da Informação do Paranacidade


"O processo de implantação pela equipe da Solo Network foi muito bem sucedido, sem impactos nas operações críticas da empresa. Portanto, temos total satisfação em agradecer a parceria, profissionalismo e qualidade do trabalho executado."

Daniel Maurer- Gestor de Segurança da Informação do Centro de Excelência em Tecnologia Eletrônica Avançada (CEITEC)


"A Solo Network, como parceiro Gold Microsoft esteve ao nosso lado durante todo o processo de SAM, apontando melhorias no processo, não apenas pensando em inovações e aquisições tecnológicas, mas também em otimizar e remodelar o que já tínhamos no ambiente da empresa"

Anderson Ueda Analista de TI da Brado Logística

Portal de notícias Mais notícias

Maioria dos usuários mantêm softwares desatualizados, diz Kaspersky

Feb 25, 2013, 11:23 AM by Audreyn Justus
Empresa analisou o risco que as vulnerabilidades de softwares representam e verificou que usuários não atualizam os programas mais populares

Uma pesquisa realizada pela empresa de antivírus Kaspersky Lab mostra que muitos usuários de computadores não atualizam softwares populares quando são lançadas correções de segurança. O relatório "Avaliação do nível de ameaça das vulnerabilidades de software" identificou mais de 132 milhões de aplicações vulneráveis instaladas em PCs, totalizando uma média de 12 vulnerabilidades por usuário.

Segundo o relatório, quase dois terços (64%) das falhas em softwares estão presentes em programas "mais ou menos obsoletos", ou seja, algumas versões antigas de títulos populares permanecem instaladas em um número significativo de máquinas por meses ou até mesmo anos.

"Mesmo quando um fornecedor de software faz o seu melhor para reconhecer uma falha de segurança e lançar uma atualização em tempo hábil, isso não significa nada para uma proporção significativa de usuários. Uma vulnerabilidade conhecida, perigosa e explorável ​​permanece aberta em milhões de PCs meses depois de ser descoberta e uma atualização ser fornecida. Há exemplos de vulnerabilidades de software que duram por anos", diz o relatório.

Foram identificadas 806 vulnerabilidades únicas em um período de 52 semanas de análise, 37 delas presentes em pelo menos 10% dos computadores estudados. Essas brechas de segurança respondem por 70% de todas as falhas de programas detectadas.

Das 37 falhas de segurança analisadas pela empresa, 8 eram relacionadas a softwares popularmente utilizados e encontrados em kits de exploração usados por cibercriminosos. Cinco vulnerabilidades pertenciam ao Java, duas ao Flash Player e a última ao Adobe Reader.

Segundo o relatório, no entanto, a descoberta mais alarmante é a de que os usuários desses três programas - que regularmente são atualizados para corrigir falhas de segurança - permanecem relutantes em fazer o update dos softwares.

Como exemplo, a análise aponta os usuários do Java. "Sete semanas após o lançamento de uma nova versão (setembro–outubro de 2012), menos de 30% (28,2%) dos usuários tinham atualizado, apesar do real perigo de terem seus dados roubados", diz o relatório. Já os principais navegadores levariam apenas 5 a 7 dias para atualizações recém-lançadas.

Outro exemplo de desatualização foi o Flash Player. Uma versão de 2010 do software, que poderia ter sido facilmente explorada, foi encontrada em uma média de 10,2% dos computadores. Outra no Reader, descoberta em dezembro de 2011, foi encontrada em 13,5% das máquinas analisadas.

Dentre os programas que apresentaram o maior número de vulnerabilidades estão o Shockwave, Flash Player, iTunes, QuickTime e Java.

A pesquisa foi aplicada em mais de 11 milhões de usuários do sistema operacional da Microsoft e a coleta de dados foi realizada no período de janeiro a dezembro de 2012 por meio da tecnologia em nuvem Kaspersky Security Network.


Parcerias & Certificações

Microsoft Gold Partner
Dell PartnerDirect Premier
Kaspersky Platinum Partner
APC Premier Partner
Adobe Platinum Reseller
Autodesk Authorized Reseller
HP Partner
VmWare Solution Provider
Apple Authorized Reseller
Enterprise Partner Service Huawei
Lenovo Diamond
Watchguard Gold Partner
Selo de parceiro Check Point
ArcServe Gold Partner
Selo de parceiro Veeam

Precisando de orientação para escolher sua solução de tecnologia?

São Paulo - SP
(11) 4062-6971
Rio de Janeiro - RJ
(21) 4062-6971
Belo Horizonte - BH
(31) 4062-6971
Curitiba - PR
(41) 4062-6971
Londrina - PR
(43) 4062-6971
Maringá - PR
(44) 4062-6971
Florianópolis - SC
(48) 4062-6971
Porto Alegre - RS
(51) 4062-6971
Brasília - DF
(61) 4062-6971
Salvador - BA
(71) 4062-7479
São Paulo - SP
(11) 4062-6971
Rio de Janeiro - RJ
(21) 4062-6971
Belo Horizonte - BH
(31) 4062-6971
Curitiba - PR
(41) 4062-6971
Londrina - PR
(43) 4062-6971
         
Maringá - PR
(44) 4062-6971
Florianópolis - SC
(48) 4062-6971
Porto Alegre - RS
(51) 4062-6971
Brasília - DF
(61) 4062-6971
Salvador - BA
(71) 4062-7479
São Paulo - SP
(11) 4062-6971
Rio de Janeiro - RJ
(21) 4062-6971
Belo Horizonte - BH
(31) 4062-6971
Curitiba - PR
(41) 4062-6971
Londrina - PR
(43) 4062-6971
Maringá - PR
(44) 4062-6971
Florianópolis - SC
(48) 4062-6971
Porto Alegre - RS
(51) 4062-6971
Brasília - DF
(61) 4062-6971
Salvador - BA
(71) 4062-7479