Azure Event Grid: serviço de eventos para as aplicações modernas

Aug 31, 2017, 14:39 PM by Assessoria de Comunicação

A maioria das aplicações modernas é construída por meio de eventos – seja para reagir a mudanças que vêm de dispositivos de Internet das Coisas (IoT), responder aos cliques de usuários de aplicativos móveis ou iniciar processos de negócios a partir de demandas dos clientes. Com o crescimento da programação baseada em eventos, o maior foco tem sido em plataformas sem servidor, tais como o Azure Functions, um mecanismo de computação sem servidor, e o Azure Logic Apps, um mecanismo de orquestração de fluxo de trabalho sem servidor. Os dois serviços permitem focar na aplicação sem ter que se preocupar com qualquer infraestrutura, fornecimento e escala.

A Microsoft anunciou em 17 de agosto que criou as aplicações baseadas em eventos e sem servidores de forma que seja fácil construir no Azure. O Azure Event Grid é um serviço de roteamento de evento totalmente gerenciado e o primeiro de sua categoria. Ele também simplifica a criação de fluxos de trabalho sem servidor. Por meio de um só serviço, o Azure Event Grid administra todo o roteamento de eventos de qualquer fonte, para qualquer destino e para qualquer aplicação.

O Azure Event Grid é uma oferta inovadora que transforma um evento em um objeto de primeira linha no Azure. Com o Azure Event Grid, você pode se inscrever em qualquer evento que esteja acontecendo em seus recursos Azure e reagir por meio de plataformas sem servidor, como Functions ou Logic Apps. Além de ter o suporte de publicação integrada para eventos com serviços como Blob Storage e Resource Groups, o Event Grid fornece flexibilidade e permite criar eventos próprios e personalizados para publicar diretamente no serviço. Junto com a ampla variedade de serviços do Azure com elementos integrados que gerenciam eventos, como Functions, Logic Apps e Azure Automation, o Event Grid oferece flexibilidade no gerenciamento de eventos, web hooks de apoio personalizados para publicar eventos em qualquer serviço, incluindo serviços de terceiros fora do Azure. Essa flexibilidade cria muitas opções de aplicações e faz do Azure Event Grid um serviço único na nuvem pública.

Saiba mais detalhes deste novo serviço do Azure:

  • Eventos como objetos de primeira linha com filtro inteligente: o Azure Event Grid permite um filtro de evento direto com base no tipo, prefixo e sufixo, para que a sua aplicação receba só os eventos que são importantes. Se você deseja gerenciar eventos integrados no Azure, como adicionar um arquivo ao armazenamento ou criar seus próprios eventos personalizados e seus manipuladores, o Event Grid permite fazê-lo por meio do mesmo modelo subjacente. Desse modo, não importa o serviço em uso, os recursos de roteamento e filtros inteligentes se aplicam a cada cenário de evento e asseguram que suas aplicações possam focar na lógica central do negócio em vez de se preocupar em rotear eventos.
  • Construído para escalar: o Event Grid foi construído para ter alta disponibilidade e gerenciar grande escala de maneira dinâmica, o que assegura desempenho e confiabilidade consistentes para os serviços críticos.
  • Abre novas possibilidades sem servidores: ao permitir que os endpoints sem servidor reajam a novas fontes de eventos, o Azure Event Grid permite que os cenários baseados em eventos alcancem novos serviços com facilidade, aumentando as possibilidades para suas aplicações sem servidor. As aplicações focadas no código em Functions e em aplicações visuais de fluxo de trabalho em Logic Apps se beneficiam do Azure Event Grid.
  • Diminuem as barreiras da automatização de operações: a mesma interface de administração unificada do evento permite a automatização mais simples e operacional, que inclui um cumprimento mais simples de políticas com o suporte integrado para que o Azure Automation reaja a criações de VM (Máquina Virtuais, na sigla em inglês) ou às mudanças de infraestrutura.

Agora, o Azure Event Grid está integrado com os seguintes serviços:

A Microsoft está trabalhando para entregar mais fontes e destinos de eventos até o final do ano, entre eles estão o Azure Active Directory, API Management, IoT Hub, Service Bus, Azure Data Lake Store, Azure Cosmos DB, Azure Data Factory e Storage Queues.

O Azure Event Grid vem para completar a metade que estava faltando das aplicações sem servidor. Simplifica o roteamento de evento e o gerenciamento de eventos com uma flexibilidade única.

Para saber mais, visite o guia.

Fonte: Microsoft News Center Brasil

Quer saber mais sobre o Microsoft Azure?